Coluna do Tin Man: filme Sing


Ontem à noite assisti ao filme "Sing - Quem Canta Seus Males Espanta" da Universal Pictures, que está ainda em pré-estreia, com lançamento oficial marcado para o dia 22 de dezembro. Trata-se de uma animação escrita e dirigida por Garth Jennings, com produção da Illumination Entertainment. É um filme que te faz rir do começo ao fim, além de ter um repertório musical de ótima qualidade, e uma crítica social bem sutil que pode ser notada desde as primeiras cenas, que obviamente passará desapercebida aos olhos das crianças. Mas ao meu ver foi de uma inteligência, porque estão sendo didáticos de uma forma divertida e leve. É um filme que vale a pena ser visto por todas as idades!


Em Sing a cidade é toda habitada por bichos, com um modo de vida semelhante ao nosso. A história realmente começa quando um coala, chamado Buster Moon, e seu pai vão a um teatro assistir a um musical, e desde então surgiu no garoto uma paixão por esse meio. Seu pai juntou dinheiro e lhe deu o mesmo teatro do qual apareceram juntos no começo do filme. Porém, já não é mais como era antigamente, Moon está endividado, seus espetáculos não têm dado certo, e ele se vira para manter o teatro de pé. Até que ele tem a ideia de fazer um musical que segundo ele vai salvá-lo. Chegou a pedir ao seu amigo, Eddie, que falasse com o pai para financiar outra vez o espetáculo, porém, como nenhuma das tentativas anteriores deu certo ele se nega a pedir. Buster então junta tudo o que ele tem até formar uma quantia de 1000 dólares, que daria de prêmio ao vencedor do concurso de canto que promoveria na intenção de encontrar o astro para o seu musical. Mas, como desgraça pouca é bobagem, sua secretária idosa acidentalmente muda o valor para 100 mil dólares. E é aí que as coisas realmente começam a acontecer. As pessoas são atraídas por essa quantia, chegando aos montes na frente do teatro Moon. Acontecem as audições, onde Buster descobre o valor prometido do anuncio, são escolhidas as pessoas que continuariam na disputa, sendo omitido completamente o valor real da premiação.


Alguns artistas brasileiros participaram do time de dubladores, como Wanessa Camargo, Fiuk, Mariana Ximenes, Marcelo Serrado e Sandy. Se quiser ver um pouco de como foi o processo a Universal disponibilizou em sua playlist de Sing, no canal do YouTube. Lá é possível encontrar algumas das músicas que fizeram parte da trilha sonora, que está incrível e vale a pena dar uma olhada. Para quem se interessar em ver é só clicar aqui. Embora seja um filme para crianças aborda questões como preconceito, superação, família, conhecimento de si mesmo, superação de limites, respeito ao próximo, amizade... Aproveita as férias escolares e corram no cinema mais próximo com toda a sua família para assistir e não esqueça de contar pra gente o que achou.  


Até a próxima. 

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.