Lançamento de Esperança sob Ataque e nossa conversa com Marco Aurélio Candella


Na última sexta-feira, 9 de Dezembro, aconteceu o lançamento do livro "Esperança sob Ataque" do autor Marco Aurélio Candella. Aproveitamos o evento para bater um papo com ele, que nos contou algumas coisas interessantes sobre o livro, sua vida e muito mais. Confira abaixo!

Caminhos para Oz: O que te inspira a escrever?
Marco A. Candella: Meus sonhos. Eu tenho sonhos bem violentos, sonhos intensos, sonhos muito interessantes e que eu acabo colocando no papel. A minha própria família, minha própria rotina... A escrita para mim é como se fosse uma fuga, uma fuga dessa realidade nossa tão tensa, tão agitada, tão conturbada. Os meus heróis são como se fossem um exemplo de mim mesmo, eles lutam pelo que acreditam, eles lutam por um mundo melhor. E os vilões são maus mesmo, eles lutam para tentar destruir tudo, eles querem conquistar tudo. Então é como se fosse uma briga entre o bem e o mal o tempo todo, tanto internamente quanto externamente, o bem tentando salvar o mal, o mal conseguindo gerar o mal. E é mais ou menos essa linha que acabamos trabalhando.

Caminhos para Oz: Agora uma curiosidade, quais são os livros e séries que gosta de acompanhar e que, muitas vezes, tira inspiração delas?
Marco A. Candella: Dark Matter, Crônicas de Shannara, Senhor dos Anéis, Jurassic Park, Independence Day, o próprio Zorro que o seriado é fantástico, Guerra nas Estrelas. Em geral, a parte que fala de ficção científica eu sou vidrado. Boa parte do canal History também... Sou vidrado pelo Egito antigo, por Roma, pelas civilizações antigas, pela China, por arqueologia. Pela própria medicina em si e pelo avanço de conhecimento da humanidade.

Caminhos para Oz: Como você concilia a rotina de médico e de escritor?
Marco A. Candella: É um desafio diário. Digamos que eu escreva nos momentos de calmaria. O plantão não é tenso o tempo todo, ele tem alguns momentos de calmaria e são nesses momentos que costuma vir a inspiração. Começo a lembrar o que sonhei, o que se passou comigo e começo a desenvolver, tecer personagens e a trama. As cenas começam a aparecer na minha frente como se eu estivesse vivendo elas, como se eu estivesse ali dentro lutando, batalhando, brigando, falando. É como se fosse uma parte de mim mesmo.

Caminhos para Oz: Esse é o seu primeiro livro, como já comentou, e nós gostaríamos de saber se pretende escrever uma continuação ou alguma outra história?
Marco A. Candella: A continuação já está escrita! Vai se chamar "O Retorno de Lúcifer". Vou tentar lançar no próximo ano, vamos ver se conseguimos publicamos no final do ano. Também tenho uma história de cavalaria para escrever, uma história de guerra interplanetária, uma história médica... Tenho todo um acervo para escrever, esse é apenas o começo.

Caminhos para Oz: Que bom! Nós agradecemos por isso! Quais os desafios que você enfrentou nesse processo de escrita?
Marco A. Candella: Conseguir achar uma editora que publicasse. Mandei para dez editoras e as dez não quiseram nem ler o livro. Falaram que quando eu tivesse um pouco mais de experiência eles dariam mais de atenção. O segundo desafio foi conseguir juntar o recurso financeiro para publicar o livro. O terceiro foi ter paciência pra ver esse livro formado, pra chegar nesse dia. Acho que esse foi o mais difícil.

Caminhos para Oz: Como é ser um escritor brasileiro? Você sente que isso é algo valorizado?
Marco A. Candella: Olha, é uma coisa! As pessoas me tratam como se eu fosse um herói porque todo mundo sabe a dificuldade que é para você conseguir publicar um livro nesse país. Você não tem ajuda nenhuma, apenas a mídia criticando você, dizendo que o autor deveria escrever mais, mas você não tem espaço, não tem uma editora e a edição própria é muito cara.

Caminhos para Oz: Agora gostaríamos que deixasse uma mensagem para todas as pessoas que tem vontade de publicar um livro, o que diria para eles?
Marco A. Candella: Escrevam! O Brasil precisa de escritores, nós precisamos de novos leitores, precisamos de pessoas que façam a diferença! A situação do país é muito difícil, mas precisamos de pessoas que vão para frente e façam tudo valer a pena. Se não existirem escritores, não existem sonhos, não existe esperança, a gente não tem pelo que lutar. Nós precisamos de semeadores, se não houverem semeadores não há colheita. Por isso eu digo para quem tiver uma boa história, para quem tiver o interesse, faça! Por mais difícil que seja!

Depois do nosso bate papo a sessão de autógrafos e a venda começou! Marco foi atenciosos com todos os que estavam presentes, tirando fotos e conversando. Adquirimos o nossos exemplar e ganhamos uma bolsa customizada incrível! Durante o lançamento também aconteceu um coquetel e todas as bebidas foram servidas em copos e taças personalizados. Ao receber o autógrafo também ganhamos uma agenda e uma caneta do livro! Um mimo mais lindo que o outro.

"Parece uma história muito intensa. Quando você vê o autor se envolver tanto em uma história é impossível não levar o leitor para ela também. Estou muito curiosa para ler o livro". Comentou a Jeniffer, de 17 anos!


A esposa de Marco, Anie, falou um pouquinho com a gente e deixou uma mensagem linda sobre como é a rotina de viver o livro! "Li o livro quatro vezes, ajudei na revisão e na edição. Achei um livro bastante interessante, com um tema bem diferenciado. Para o Marco foi uma maneira de expurgar todo o estresse que ele vive nos plantões, por isso é uma história bastante rica. (...) Eu estou muito orgulhosa, eu sei que para ele é um sonho realizado, é gratificante. A família inteira está envolvida, desde os filhos até a esposa, a gente respira "Esperança sob Ataque", a gente respira todas as vivências e todos os passos, compartilhamos tudo. É muito bom. Ele escreveu esse livro com muito carinho, com muito amor."


O livro está a venda na Livraria Saraiva enquanto ainda houverem exemplares! Logo estaremos postando a nossa resenha do livro e quem sabe um sorteio também venha por aí. Por isso não deixe de acompanhar o blog!

Comente o que achou do nosso bate papo!

Até a próxima!

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.