#RIPCarrieFisher



Morreu aos 60 anos a atriz Carrie Fisher. Imortalizada como uma das maiores musas geek das ultimas décadas, a princesa Leia de Star Wars. A atriz, escritora e também roteirista faleceu no dia 27 de Dezembro em Los Angeles. Carrie já se encontrava internada desde o dia 23 devido a um ataque cardíaco em um voo de Londres a Los Angeles, após divulgar seu novo livro e gravar algumas cenas da série “Catastrophe”, em Londres. Segundo testemunhas do local, ela foi reanimada por um técnico de enfermagem ainda dentro da nave. A atriz foi levada à UTI do UCLOA Medical Center, em LA, onde passou os últimos dias e veio a falecer. O comunicado foi dado pela filha da atriz através do porta-voz da família, Simon Halls à revista People. “É com profunda tristeza que Billie Lourd confirma que sua amada mãe, Carrie Fisher morreu às 8h55 desta manhã. Ela era amada pelo mundo e fará profunda falta. Toda nossa família agradece pelos pensamentos e preces.”

A morte da atriz repercutiu pelo mundo, e seus companheiros de aventura, deram declarações. Como foi o caso de Mark Hammil, que diz apenas estar “Devastado” e Harrison Ford, “Ela viveu a vida com coragem” disse ele. Outros ícones hollywoodianos lamentaram, como William Shatner e Ellen DeGeneres. 

“A última coisa que eu queria era entrar para a indústria do entretenimento” diz a atriz em um trecho de seu livro, “Memórias da Princesa”, felizmente para todos nós fãs, sua carreira foi totalmente contrária a isso. A atriz não só marcou gerações com seu grande sucesso em Star Wars, como também se tornou um ícone feminino. No livro, Fisher conta inúmeras coisas que aconteciam por trás das câmeras, na grande produção, como por exemplo, os 5kg que teve que perder para conseguir o papel de Leia, seu relacionamento com Harrison Ford, o seu penteado marcante, que a atriz declarava odiar, e sua surpresa ao se tornar um ícone sexual na época, já que a mesma se considerava feia. "O que eu via no espelho não era aparentemente o que os garotos viam. Quando homens, desde cinquentões até jovens demais para o conforto da idade permitida pela lei, me abordam para dizer que eu fui o primeiro amor deles, digamos que eu tenha sentimentos confusos", diz ela no livro. 

Nessa terça feira, Hollywood perdeu uma grande estrela do cinema e agora Carrie está mais uma vez entre as estrelas da galáxia, assim como já esteve com sua personagem.“Eu gostei de ser a princesa Leia. Ou do fato da princesa Leia ser eu. Ao longo do tempo, passei a imaginar que nós duas viramos uma só.”

May the force be always with you!

Até a próxima!

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.