Resenha: Quatro Vidas de um Cachorro




Título: Quatro Vidas de Um Cachorro
Autor: W. Bruce Cameron
Editora: Nova Fronteira
Ano: 2016
Páginas: 288
Esmeraldas: 5


"Esta é a inesquecível história de um cão que - após renascer várias vezes - imagina que haja uma razão para seu retorno, um propósito a cumprir, e que, enquanto não o alcançar, continuará renascendo. Narrado pelo próprio animal, Quatro vidas de um cachorro aborda a questão mais básica da vida: Por que estamos aqui? Emocionante e com boas doses de humor, Quatro vidas de um cachorro é um livro para todas as idades, que mostra o olhar de um cão sobre o relacionamento entre as pessoas e os laços eternos entre os seres humanos e seus animais. Se você gostou de Marley & eu, vai adorar esta aventura que agora ganha as telas do cinema."



"Ethan vinha para a garagem, então, e entrava comigo na casa de cachorro, pondo os braços à minha volta. Eu ficava ali, imóvel, durante o tempo que ele desejasse. Esse era, concluí, meu propósito como cachorro, consolar o menino sempre que houvesse necessidade."

Terminei hoje esse livro e preciso começar dizendo que é, de longe, o meu livro favorito de todos os tempos. Aliás, o filme que se baseia nele estreia nos cinemas dia 26 de Janeiro e, ao que promete, o trailer está bem fiel ao livro e acredito que será tão emocionante quanto. Eu perdi as contas de quantas vezes chorei ao longo da história - o que se tratando de mim é extremamente difícil, não sou de chorar lendo - e não conseguia parar, tinha que continua e saber mais, terminei-o em dois dias. Um livro envolvente, emocionante e de uma pureza sem tamanho. É possível ver o mundo através dos olhos do cachorro, que conta a história em primeira pessoa, relatando todas as suas experiências e seus aprendizados de uma forma totalmente especial e divertida, com um jeitinho que você se imagina realmente sendo aquele cachorro e sentindo o que ele sente. Sem contar na forma incondicional na qual ele ama e se entrega ao Ethan, um de seus donos ao longo do livro, do qual ele chama de "meu menino". É uma narrativa engraçada e ao mesmo tempo profunda e sentimental. Confesso que em certos pontos precisei parar de ler, tamanha foi a emoção que sentia e, para uma apaixonada por cães como eu, foi custoso seguir com a leitura.

O autor desse livro conseguiu capturar a essência dos cachorros e colocá-la em palavras de tal maneira que você se conecta a eles ainda mais, podendo compreendê-los melhor e enxergar certas  atitudes de forma diferente. Todo mundo deveria tirar um tempinho para ler esse livro, mesmo aqueles que não gostam tanto de cães ou que prefiram gatos, que, aliás, são retratados de uma forma hilária pela visão do cachorro. É uma história que toca à alma desde as primeiras paginas, é impossível não se emocionar com ela e repensar muitas coisas, como o propósito das nossas vidas ou o motivo pelo qual fomos abençoados com esses seres de quatro patas que mudam a vida de quem os deixa fazê-lo. No meu caso, que tenho uma cadelinha em casa, fiquei ainda mais apaixonada por ela e agradecida por tê-la na minha vida. E quem ainda não tem um, depois de ler Quatro Vidas de Um Cachorro, seguramente vai querer adotar um companheiro de vida, pra vida, cuja única exigência é amor. Um amor ao qual ele retribui três vezes mais, incondicionalmente e por toda sua vida!

Presenteie alguém especial com esse livro, leiam juntos e se deixe conhecer um mundo pelos olhos de um cachorro.... Essa história me tocou de uma maneira que eu não sei explicar e me fez refletir sobre muitas coisas. Passe mais tempo com a família. Seja grato pelas pequenas coisas diárias que muitas vezes passam desapercebidas aos nossos olhos. Tire um dia para não fazer nada ou fazer algo que goste muito com alguém que ama. Diga o que você sente pelas pessoas que estima sempre que tiver chance. Faça surpresas pequenas, grandes, não importa, apenas entregue amor de todas as formas, faça-as sentir que são especiais pra você. Nunca sabemos quanto tempo ainda temos juntos... E é claro: adote um filhote. Talvez ele destrua as suas coisas no começo, mas ele logo vai aprender a ser o seu melhor amigo.

Não esqueçam de lotar as salas de cinema da tua cidade no dia 26 de Janeiro para a estreia do filme nas telonas. Para quem ainda não viu, confira o trailer do filme.


Alguém aí já leu? Tem alguma experiência bonita com um cachorro? Conta pra gente nos comentários!

Até a próxima.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.