Espaço do Fã: Suelen Candido


Admirar: verbo
1.transitivo direto
contemplar (alguém ou algo) com grande prazer, interesse.
2.transitivo direto e pronominal
ter(-se) em alta conta, considerar (alguém, algo ou a si mesmo) com respeito, veneração

No alto dos meus 32 anos eu posso dizer que já sou uma fangirl profissional. Desde muito criança sempre tive meus ídolos, pessoas que eu admirava e queria ser quando crescer. Quando eu tinha 10 anos disse para meus pais que queria ser atriz igual a Christiane Torloni. Me tornei professora de inglês, língua que aprendi ouvindo as músicas dos Backstreet Boys e assistindo Friends. Posso dizer que ser fã me ajudou a me descobrir um pouco, a entender que a maneira como eu vejo o outro diz muito sobre mim, vejo meu eu-lírico através daqueles que admiro.
Mas o turning point, a grande mudança na minha vida de fã e na maneira como admirar o outro fez uma revolução em mim aconteceu graças a Jensen Ackles e Jared Padalecki. Eu já conhecia o trabalho deles de antes de Supernatural, mas ainda não tinha sido flechada pelo anjinho que nos transforma em fãs, e talvez por isso tenha sido diferente, porque é um amor que nasceu, cresceu e tem se reproduzido a cada dia, a cada ano, não foi amor a primeira vista. E acho que meu amor por eles é grande porque os vejo como uma dupla, J2. Pra mim são sempre os dois, é como se meu coração fosse dividido igual pra eles. Muita gente pensa que tenho uma predileção pelo Jared, talvez por eu ser uma SamGirl e DeanCurious, mas quando o assunto é Jensen e Jared meu coração bate igual.
Falando em coração, sempre achei engraçado esta capacidade que nós fãs temos de amar de forma altruísta. Ou quase altruísta, porque não deixa de ser uma troca que acontece entre nós e nossos ídolos, não é? Eu poderia escrever uma tese sobre fãs e fandom, mas hoje quero falar mesmo é de como J2 se tornou (sim, no singular, é como se fosse apenas um) meu grande amor, mudou minha perspectiva sobre a vida e me tirou da minha zona de conforto em muitas coisas, a começar a primeira viagem internacional!
O ano era 2013 e eu resolvi que queria viajar para o exterior. Eu, professora de inglês nunca tinha feito uma viagem internacional, pensei em como fazer isso sozinha. Assistindo vídeos de Convenções de Supernatural nos EUA, eu pensei, porque não? É um belo incentivo e me dará coragem para ir. E fui sozinha, primeira vez em um avião, 14 horas de viagem e lá estava eu em Los Angeles. Tenho uma amiga que mora em San Diego, ela me ajudou me hospedando por alguns dias na casa dela, mas pra Burbank fui na fé e na coragem, sozinha com meu sonho. Na verdade não me senti sozinha, pois tinha a torcida da minha família e de meus amigos de fandom que torceram tanto por mim.

Nesta 1ª convenção eu fui apenas 1 dia, domingo também conhecido como J2 day. Conversei com algumas pessoas, mas não fiz nenhuma amizade, estava tão nervosa e emocionada. A primeira foto foi com Jensen. Rápida e intensa. Ele me olhou nos olhos e eu senti uma doçura vindo dele, um respeito. Senti que amá-lo valia a pena.

Depois foi a foto dos meus sonhos, a J2! Eu no meio de um sanduíche de Jensen e Jared! Fiquei tão nervosa que quase que a voz não sai, quase que esqueço que sou fluente em inglês... "I came from Brazil to give you a hug" eu sussurrei que vim do Brasil pra um abraço, foi tão baixo que Jared me perguntou de onde eu vinha! Ah o amor deixa a gente sem fala, né? Ganhei meu abraço, sai com as costelas doloridas e o sorriso pra foto desfeito (sim, eu tenho um sorriso exclusivo para fotos). 
 
A última foto do dia foi com Jared. E eu ainda estava nervosa, tremendo igual uma vara verde. Mal conseguia responder para a garota que puxou assunto comigo. Senti falta do wifi para surtar com minhas amigas do Twitter e da vida real. Se bem que Twitter também é real, ou não? Enfim, pedi um Padahug e ganhei!

 Hoje penso naquele dia, naquela viagem, naquele ano e tudo parece um sonho às vezes. Eu não sinto aquela tristeza pós Con, eu sinto apenas alegria e uma vontade imensa de fazer outra viagem, de me arriscar, de parar de me auto sabotar e sair da minha zona de conforto. Enfrentar o mundo, outras culturas, o medo do avião cair, o medo de fazer papel de boba em frente a um amor tão diferente. E eu fiz. Fiz toda propaganda que vocês podem imaginar e fui com 2 amigas, uma minha prima e outra uma aluna querida e fomos para São Francisco no começo de 2015. Sempre escolho ir nas cidades que quero conhecer. Não precisa ser só sobre conhecer um ídolo, tem que ser sobre você, sobre juntar as paixões.
Eu jurei que seria bem mais fácil, afinal não era minha primeira vez. Ledo engano. Tremi, gaguejei e me apaixonei novamente por eles. Ou me apaixonei por esta parte deles que eles nos permitem conhecer. Eu não tenho a ilusão de conhecê-los por completo, até porque não conheço nem a mim mesma.
Só tive dinheiro para 2 fotos. Uma com o Jensen e a outra J2 que meio que transformei numa com o Jared. 
Esta Con foi mais gostosa porque eu tinha companhia de pessoas que eu amo. E é um prazer imenso ver quem a gente ama realizar um sonho. Fiz uma grande amiga neste dia também. Coisas pelas quais sou grata a J2, eles me impulsionaram a realizar estas pequenas alegrias, a me permitir me dar este pequenos mimos. E aí quando todos pensavam que eu já estava satisfeita e feliz, na verdade eu estava apenas começando. É quase um vício, sei lá. É como ir em vários shows da mesma turnê da sua banda ou cantor (a) preferido. Cada show é diferente, cada convenção e interação é diferente. E tem a viagem, toda a experiência em conhecer um lugar novo, uma nova cultura e ao mesmo tempo estudar uma nova língua. Não se engane, eu não tenho dinheiro, não sou herdeira ou super bem sucedida financeiramente. Mas eu tenho foco e disciplina. Eu pesquiso, eu parcelo, eu não vou no cinema ou shows, ou restaurante caros, ou compro roupas por pelo menos 1 ano. Pra mim vale a pena sempre. A minha última foi pra Las Vegas. Foi com mais amigas, cada vez vou com mais amigas o que é maravilhoso. A preparação para a viagem é divertida, os surtos, o medo de acabar os tickets. Rola um estresse básico que é melhor se dividido com quem nos entende. Só um fã pra entender outro fã, não é?

Continuo virando uma apaixonada de romances que vendem em bancas de jornal na frente deles. Nesta fizemos um livro com mensagens de fãs brasileiros pra eles, e foi tão legal entregar. Errei a pose da foto, mas sorri feliz. Me arrisquei e pedi para Jared tocar testa com testa comigo (capa). Morri, mas passo bem. E eu e minha prima ganhamos este sorriso lindo do Jensen.




"Se a vida é um sonho, sonhemos pois..."  Não desista de seu sonho. Não desista do seu amor. Não se deixe abalar pela opinião alheia. Se programe e se jogue! Vale a pena, sempre. E eu vou continuar indo atrás dos meus sonhos e do meu amor. 

16 comentários:

  1. Cada dia me emociono mais ainda com esse cantinho....é o cantinho dos sonhos e das conquistas!

    ResponderExcluir
  2. Maravilhoso! Adorei o texto e as sensações que ele me trouxe! Senti tudo de novo como é encontrar amores amados de longe. O site é uma graça e esse espaço é uma delícia. Parabéns!

    ResponderExcluir
  3. Tbm amo vc prima!!
    Ser sua companheira de aventuras é muito bom, obrigada tbm por me ajudar a realizar o sonho, mostrar que é possível, pois basta ter foco e acreditar, lindo relato!

    ResponderExcluir
  4. Que legal esses atores serem bacanas, tem gente nesse mundo que abraça e usa alcool gel terrível, Parabéns pela conquista

    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Moça, eu ainda sou muito nova e já estou em um momento tão bom da minha vida em ser fangirl, em junho vou ter o prazer de conhecer artistas que amo muito, vou poder falar com eles pedir autógrafos e já estou ficando louca de ansiedade. Ah, sem falar que fiquei morrendo de inveja das suas fotos com o Jensen e o Jared, sou muito hunter sim, haha.

    ResponderExcluir
  6. Nossa que texto lindo! Amei❤
    Espero um dia conhecer meus ídolos Sophia Abrahão, Priscilla Alcantara e Micael Borges (Mika). Adorei♥ Muitos sucessos para vc!

    ResponderExcluir
  7. Que sensacionaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaal!
    Amo esses dois, sabe gente como a gente, essa é a impressão que eu tenho dos JJ, se eu fosse você estaria tremendo até agora, infelizmente depois de 9 e alguns capítulos da 10º temporada de Supernatural eu acabei desistindo da série :( Mas quem sabe depois desse post cheio de amor eu não volto?!
    Beijos e parabéns pelo post!
    All the sucess in the world, for u n ur blog ;)

    ResponderExcluir
  8. Confesso que nunca fui fangirl, tenho admiração mas nunca fui atrás sabe, não é por falta de vontade :( Amei demais seu texto, me inspirou tanto e essas fotos? Estou sorrindo junto com você porque são lindas e inspiradoras. Um beijo.

    ResponderExcluir
  9. Eu n sei explicar o sentimento que nós temos com nossos fás, eu nunca tive essa oportunidade q vc teve, mas me sinto amiga dos meus fãs kkkk... Muito louca ne?
    Adorei seu texto e suas fotos, imagino a sua alegria, alias deu pra ver nas fotos e no texto, bju

    ResponderExcluir
  10. Confesso que não idolos, não sou fã de ninguém rs admiro algumas pessoas e algumas personalidades mas não a ponto de ser fã rsrs mas, apesar disso, já li várias histórias sobre esses dois atores e de como eles são carismáticos, por isso acho que consigo entender um pouco dessa emoção :)

    ResponderExcluir
  11. Olá.
    Menina, eu nem ao menos sei o que te dizer. Fico tão feliz por você, por essa oportunidade de conhecer os seus ídolos, pessoas que as vezes passamos tempos e tempos amando e torcendo de longe. Fico muito feliz. Eu amei as fotos. O fato de você sair de sua área de conforto. De ir atrás de desafios. Eu amei.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  12. Oiii flor, eu nunca fui fangirl de idolos de longe assim. Meus idolos eram os vocalistas das bandas que eu escutava na época. Eu ia em todos os shows, tinha camisa da banda e tal. Todos eles eu conheci pessoalmente e foi um pouco parecido como foi com você, eu nem lembrava mais o que era falar! KKKKKKK Saudades daquela época!!

    Beeeijos

    ResponderExcluir
  13. MDS essa sim é sortuda quem não sonha em conhecer Jensen Ackles e Jared Padalecki os irmãos Winchesters são simplesmente demais tenho certeza de que ainda vou conhece-los e acredito que não há idade para se admirar o trabalho de alguém, todos temos direito de realizar nossos sonhos independente da idade. Parabéns moça e um beijo!

    ResponderExcluir
  14. Ahhhhh, que legal! Eu não conheço esses dois, mas entendo bem a ideia de ser fã de alguém. Sou fã da Lady Gaga e já fiz loucuras pra ve-la em 2012 - e provavelmente farei esse ano novamente. haha bjs

    ResponderExcluir
  15. Meninaaaa do céu que invejinha de você, ai meu deus eu entendtudo quanto o assunto e loucura por ídolos já fiz tanta coisa meu Deus

    ResponderExcluir
  16. Que legal o post ♥ adorei a ideia desse espaço no blog . Post tá muito massa.

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.