Resenha: 1808




 Título: 1808
 Sub-título: Como uma rainha louca, um príncipe medroso e uma corte corrupta enganaram Napoleão e mudaram a História de Portugal e do Brasil
 Autor: Laurentino Gomes 
 Editora: Planeta 
 Ano: 2009 
 Páginas: 367 
 Esmeraldas: ★★★★★


"Nunca algo semelhante tinha acontecido na história de Portugal ou de qualquer outro país europeu. Em tempos de guerra, reis e rainhas haviam sido destronados ou obrigados a se refugiar em territórios alheios, mas nenhum deles tinha ido tão longe a ponto de cruzar um oceano para viver e reinar do outro lado do mundo. Embora os europeus dominassem colônias imensas em diversos continentes, até aquele momento nenhum rei havia colocado os pés em seus territórios ultramarinos para uma simples visita - muito menos para ali morar e governar. Era, portanto, um acontecimento sem precedentes tanto para os portugueses, que se achavam na condição de órfãos de sua monarquia da noite para o dia, como para os brasileiros, habituados até então a serem tratados como uma simples colônia de Portugal. "


"Foi o único que me enganou." - Napoleão Bonaparte, nas suas memórias escritas pouco antes de morrer no exílio da Ilha de Santa Helena, referindo-se a D. João VI, rei do Brasil e de Portugal.

Bem gente, em primeiro lugar, qual é a matéria preferida de vocês? Português? Biologia? Matemática? Uma das minhas favoritas sempre foi história e, por isso, sempre estou procurando algo para ler sobre o assunto.
Este livro em particular, conta um pouquinho sobre a história da vinda da família real portuguesa para o Brasil, desmistificando muitos assuntos. Ele faz parte de uma coleção de Laurentino Gomes, que reúne vários relatos relativos a esse período. Posso dizer que com essa leitura pude compreender um pouco melhor o motivo de sermos como somos. Na essência, somos uma réplica do que era Portugal naqueles anos. Lógico que, diante de tantos fatos; como a atrocidade que foi a escravatura, o saque das nossas riquezas naturais, extermínio de indígenas; que causaram imensuráveis estragos a esta terra, acabamos desenvolvendo uma identidade toda nossa. Uma mistura dos europeus, africanos e indígenas.

Sei que a maioria das pessoas não gosta nem de pensar em pegar esse tipo de livro para ler, mas conhecer detalhes da nossa história é um privilégio e deveríamos nos interessar por isso.
Laurentino, pesquisou e foi nos confins da história para descobrir segredos e nos contar alguns nesse livro incrível, como por exemplo, a vinda da família real para o Brasil era algo já planejado pela Coroa bem antes de 1808, e que essa mudança de centro possibilitou a nossa independência antes do que poderíamos imaginar e talvez você também perceba que a corrupção não é algo novo no país, os portugueses eram extremamente corruptos e trouxeram o seu pior para a Colônia já em 1530, traço que é muito marcante no povo brasileiro até hoje, que sofre com a política desde aquela época e, ao que parece, continuará sofrendo por algum tempo. Em geral, o autor narra com alguns detalhes como se deu a vinda de D. João VI e sua família para o Brasil, porém os fatos não se concentram apenas nisso. Laurentino fala sobre as transformações ocorridas após a instalação da realeza no país e os fatos que levaram a família real a voltar para Portugal.



Achei a narrativa esclarecedora e de fácil compreensão, os capítulos não são longos o que evita muito aquele sentimento de que a história não está fluindo ou monótona. Para completar nossa alegria, o livro contém algumas obras da época que mostram como eram os lugares e a família real. É com toda certeza ao meu ver, um livro que todos os brasileiros deveriam ler em algum momento de suas vidas e quem sabe assim consigam compreender melhor o país. 

Espero que gostem, quem já leu nos conte o que achou do livro e para aqueles que não conheciam, procurem irão amar. Beijos wicked em todos vocês e até a próxima.

22 comentários:

  1. Nunca tive interesse por esse tipo de livro, mas depois da resenha vi que é algo bem legal e não aquela narrativa entediante que faz a gente desistir logo de cara, adorei mesmo! Beijos

    Feminee.com.br

    ResponderExcluir
  2. Amo esses tipos de livros e graças a você quero muito ler esse

    ResponderExcluir
  3. Que interessante! A capa é linda, parece aqueles papéis antigos, que eu esqueci o nome. Minha memória anda péssima. Gostaria de ler o livro, ainda mais que você disse que os capítulos não são longos então creio que a leitura não é cansativa.
    bjs
    Simplesmente Ciana

    ResponderExcluir
  4. Eu também sou apaixonada por história e, por isso, romances históricos e livros de história de um modo geral, inclusive biografias, estão entre os meus preferidos. Não li esse livro ainda, mas me parece fantástico. Além disso, as ilustrações são belíssimas. Dica anotada.

    Tatiana

    ResponderExcluir
  5. Nunca me interessei por livros assim, mas parece ser legal.

    Beijos,
    placestyle.com

    ResponderExcluir
  6. Eu nunca fui de ler esse estilo de livro, pois achava bem chatinho, mas confesso que se eu assistir o filme sobre a historia vou amar pois historia eu gosto muito. Mas esse livro da resenha 1808 parece ser bem legal de ler, qualquer dia vou procurar pra ler.

    http://fabiisanto.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Que resenha show! Tinha duvidas se esse livro era bom

    ResponderExcluir
  8. Olá, tudo bem?
    Adooorei a sua resenha, eu nunca fui fã de livros históricos ou que envolvessem fatos históricos, mas fiquei bem curiosa em realizar essa leitura.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  9. Ja estive com esse livro em mao e nau tive tempo de ler, ja vou começar a leitura fiquei muito interessada.

    ResponderExcluir
  10. Eu ja li este livro e achei sensacional.!!! amei a resenha.

    ResponderExcluir
  11. Sou apaixonada por esse livro! É sensacional! Quero muito ler agora 1822 pois estou acompanhando por alto a novelinha das 6 da Globo e quero checar alguns pontos. Amo de paixão História!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lívia, a novelinha não tem nada a ver!! Ela fantasia muito tudo! Mas como em obra que mistura realidade e ficção, vale tudo! Mas recomendo que leia 1822 e 1889, fechando assim a trilogia, tu vais ter mais profundidade sobre esse assunto! Eu já li os três, duas vezes!! Ah e setu gostas, vale a pena assistir o filme, Mauá, o Imperador e o Rei, que é muito interessante taambém, para o contexto histórico do país. Abraço

      Excluir
  12. Adorei a resenha, me deixou curiosa para ler! Parabéns!!

    ResponderExcluir
  13. Confesso que não é o tipo de leitura que gosto, já tinha ouvido falar no livro, mas nunca me interessei até ler seu post...rs
    Vou tentar ler tbm, obrigada pela dica.
    Bjs ♥

    ResponderExcluir
  14. Sabe, nunca me chamou a atenção desse tipo de livro, a história é incrível e tua resenha e bem completa, parabéns...

    ResponderExcluir
  15. Nooossa, sério!! Tu postou essa resenha de um livro que eu nem sabia que existia e ainda por cima de um assunto que eu AMO! Apaixonada. Vou ler.

    ResponderExcluir
  16. Eu já tinha visto a capa desse livros em alguns perfis do ig mas nunca soube do que ele se tratava e amei saber que é sobre a nossa cultura, sobre a história do nosso tão amado Brasil, super me interessei, graças a sua resenha. Parabéns

    ResponderExcluir
  17. Oie, tudo bem? Já vi alguns blogs indicando esse livro mas confesso que não sabia o enredo. Minha matéria favorita sempre foi português, mas também gostava de história principalmente história geral. Gostei muito da sua resenha, bem escrita. Com certeza a leitura vale a pena. Beijos, Érika =^.^=

    ResponderExcluir
  18. Olá,
    História é uma das matérias que menos gosto juntamente com geografia. Nos vestibulares, eu simplesmente quase dormia quando chegava a hora delas nas questões kkkkkk
    Dessa forma, mesmo sua resenha me deixando um pouco curiosa para saber mais sobre a obra, não pretendo tentar fazer a leitura no momento, pois acho que acabaria desistindo antes mesmo da metade. Quem sabe mais para frente rsrs

    LEITURA DESCONTROLADA

    ResponderExcluir
  19. Já li toda a trilogia e um é melhor do que o outro.Laurentino Gomes têm uma profundidade em suas pesquisas que nos faz sentir que estamos lá, nos lugares descritos. Recomendo como leitura para quem quer conhecer mais não só, sobre a família real brasileira, mas como era a política e os jeitinhos que o Brasil dava, já naquela época! Sua resenha ficou muito boa, parabéns!

    ResponderExcluir
  20. Acredita que história também sempre foi minha matéria favorita? Eu tenho um livro de pinturas de Jean Baptiste Debret e que mostra em imagens como era a vida na época do Brasil colônia. Fiquei super interessado em ler 1808 pra complementar ainda mais, já que o livro de Debret é mais imagens do que escrita.

    ResponderExcluir
  21. Olá! Estou de olho nesse livro há algum tempo porque ouvi coisas muito boas sobre ele. Aliás, sobre a coleção do Laurentino. Mas nunca corri atrás e nunca nem li nenhuma resenha sobre ele, e a sua só me deixou com mais vontade.

    Beijos!

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.