Essa Cris Viu: Feliz? Dia das Mães


Feliz? Dias da Mães!

Aproveitando que está chegando o “Grande” dia das mães, hoje vou falar aqui da maternidade, as alegrias e tristezas de ser mãe, claro que existem vários tipos, cada uma com sua particularidade, e como sempre não vou generalizar, cada uma sabe de si, mas no fundo temos sentimentos parecidos, então se caso te representar, vamos dar as mãos e chorar juntas.

Bom, para início de conversa a maternidade não é esse mar de rosas e a mãe não é este ser imaculado que tentam desenhar. Ser mãe é padecer, mas não no paraíso como alguns dizem, padecemos sim e muito, todas as vezes que não conseguimos tirar uma dor do filho, quando não somos capazes de protegê-los contra as maldades do mundo, padecemos fortemente quando descobrimos que algumas coisas eles vão ter que aprender sozinhos apanhando da vida.
Ser mãe é um compromisso eterno, sua vida se divide, seu coração bate fora do corpo, seu mundo gira em torno de outra pessoa, seus dias nunca mais serão os mesmos. Temos medos, dúvidas, sim, muitas dúvidas, erramos tentando acertar e erramos muito, somos perfeitas nas nossas imperfeições, nossas vidas são chuvas e tempestades constantes, onde as calmarias duram pouco, sempre surge algo novo, surpreendente, outro conhecimento, e quando se pensa que aprendeu lá vem outra novidade, e nunca acaba, cada fase do filho e da vida é diferente da outra, cada filho é diferente um do outro, o que se aprendeu com um se desaprende com o próximo.
Choramos muito, sim, choramos bastante, é uma vida cheia de lágrimas, mas não só de tristezas ou nervoso, de emoção principalmente, o primeiro passo, a primeira palavra, o primeiro dia na escola, o primeiro dia das mães. Ah! A primeira apresentação em sua homenagem, quem nunca se emocionou que atire a primeira pedra, quanto orgulho, você até esquece o quanto de trabalho já teve, as noites mal dormidas, a bagunça, comida e brinquedos espalhados, tudo jogado no chão, quantas fraldas sujas limpou, sim, você esquece de tudo isso naquele momento único, algumas lágrimas insistem em ficar no canto do olho, e aquele sorrisinho que derruba suas estruturas e que é capaz de qualquer coisa por ele, e podem passar anos que esses momentos serão eternamente lembrados, e sim, vai se emocionar novamente, pode deixar a lágrima escorrer, somos assim.
O tempo passa e os filhos crescem, mas nosso amor só aumenta, é uma coisa inexplicável, tem horas que não sabemos onde cabe tanto amor, sim, temos nossos momentos de loucura, aqueles dias onde se tem pouca paciência, onde não vemos a hora do dia acabar para eles dormirem e nos dar um pouco de paz, mas mesmo assim, no dia seguinte começa tudo novamente, e estamos prontas para outra aventura.
Um professor sempre dizia que as mulheres só não dominaram o mundo ainda por causa da maternidade, e é verdade, abrimos mão de uma carreira, de um futuro promissor para nos dedicar aos filhos, há quem consiga administrar bem isso, mas a grande maioria abre mão de si, de seus sonhos, suas expectativas, seus projetos, e vive a vida para o outro.
Ser mãe é dedicação, entrega, é se sentir feliz porque a cor do cocô demonstra que o bebê está saudável, chorar e sentir dor na hora de levar para tomar injeção, é curar uma ferida com um beijo, é ter um mini infarto quando eles caem e se machucam, é chorar junto com outra mãe que passa por um momento difícil com seu filho, se compadecer da dor do outro.
Nenhuma mãe é igual a outra, exatamente porque todos os filhos são diferentes, todas nós padecemos e isso já deveria ser motivo suficiente para não ouvir um “se fosse meu filho”, não julgue as outras mães, cada uma sabe a dor e a alegria de o ser, de viver esse momento, então, devemos nos unir e dividirmos experiências, afinal, ninguém sabe de tudo, e todas nós aprendemos um pouco a cada dia, com a vida e com os nossos filhos.

Dedico à todas aquelas que amam incondicionalmente, e como eu são loucas, não só pelos filhos, mas loucas mesmo, a maternidade nos transforma, o mundo passa a ser visto com outros olhos, então, que seu mundo possa ser maravilhoso e maluco, porque a maternidade é isso, tem dias que queremos esfregar a cara de um no chão, mas passa alguns segundos queremos guardar para sempre conosco, e assim as coisas seguem até nosso último suspiro, e esse amor dura além da vida.

Feliz dia das mães!

49 comentários:

  1. Aaah mães são mesmo tudo, são únicas, e tem uma amor que universal, mas acho importante mostrar os pros e contras, e acho que o seu texto deu uma pequena noção de como é ser mãe...ainda não sou mãe, mas acredito que ser mãe é ter o universo inteiro dentro de si.
    Amei a reflaxão, parabéns e feliz dia das mães!

    ResponderExcluir
  2. A maternidade realmente não é fácil :/
    Muitas vezes nos deparamos com momentos que só Deus pra nos ajudar.
    Mas é algo também inexplicável, ter aquela pessoa pequena e delicada com você.
    Muitas vezes eu olhava o coco da Sophia e falava pro meu esposo: ela não tá bem. E era batata, passava umas horas e lá vinha algo.
    Sofri tanto com julgamentos como "se fosse meu filho" que agora eu apenas ignoro.
    Parabéns pelo ótimo texto! Digno de ser compartilhado.
    Beijinhos e Sucesso!

    www.segredosdajuhcosta.com

    ResponderExcluir
  3. Sempre tive essa visão da maternidade. Minha mãe sempre me mostrou que ser mãe não é mesmo um mar de rosas e sim, ter altos e baixos todos os dias e é, justamente por isso, que nossas mães merecem um dia especial para eles né? Sonho em ser mãe, mas tenho consciência que ser mãe e entrar nessa fase de maternidade é uma loucura!
    Amei seu texto, lindo lindo!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Minha mãe sempre me fala que a maternidade transforma uma mulher e eu realmente acredito nisso ♥ Adorei o seu texto... dia das mães são todos os dias e sou muito grata pela pessoa maravilhosa que chamo de mãe ♥

    ResponderExcluir
  5. Ainda não sou mãe, mas já penso em como será quando eu for. Eu tenho uma irmã que é mais nova que eu 15 anos então já da para se ter uma ideia. Cuido dela como se fosse minha filha desde bebê e sei as dificuldades que são e que ainda estão por vir. Sonho muito em ser mãe e ao mesmo tempo tenho medo do que irá acontecer durante todo esse processo. Amei o seu texto.

    ResponderExcluir
  6. Maternidade é bem isso...com flores e espinhos..com dores e amores! Ser mãe faz a gente viver a nossa melhor versão! Lindo post!! Bjos

    ResponderExcluir
  7. Maternidade é bem isso...com flores e espinhos..com dores e amores! Ser mãe faz a gente viver a nossa melhor versão! Lindo post!! Bjos

    ResponderExcluir
  8. Não passei por tudo isso ainda pq nao sou mãe. Mas sei que não é esse mar de rosas q dizem. É difícil e ao mesmo tempo lindo. Muito do texto me fez lembrar minha mãe. Nunca encontrei pessoa melhor que ela. 💕

    ResponderExcluir
  9. Que texto! Eu nunca vou passar pela experiência de ser mãe, mas sei o quanto ser mãe é ser guerreira. E achei a frase do seu professor muito forte e incrível. Parabéns pelo texto e pelo fato de ser mãe!

    ResponderExcluir
  10. Só lendo mesmo um texto assim pra ter a visão do que é ser mãe. Ou pelo menos um pouco da visão rs belo texto. Parabéns! E relamente, vida de mãe é cheia de altos e baixos mas tudo se compensa.

    ResponderExcluir
  11. belo texto, lendo ele consegui entender uma pouco mais sobre os aspectos da maternidade.
    não existe amor maior do que de um mãe para seu filho.

    ResponderExcluir
  12. Mães são únicas. Como eu quero ser 50% pros meus filhos a mãe que minha mãe e pra mim.
    Sabe essas mães que protegem e ao mesmo tempo "brigam" saco as melhores.
    Ah como eu quero conhecer de perto a maternidade e poder falar como você. Você me inspirou com esse texto.
    Adorei!

    ResponderExcluir
  13. Mães são únicas. Como eu quero ser 50% pros meus filhos a mãe que minha mãe e pra mim.
    Sabe essas mães que protegem e ao mesmo tempo "brigam" saco as melhores.
    Ah como eu quero conhecer de perto a maternidade e poder falar como você. Você me inspirou com esse texto.
    Adorei!

    ResponderExcluir
  14. que texto lindo! Ainda não sou mãe, mas quero muito ser um dia e passar por todas essas experiências. Parabéns pelo lindo e emocionante texto.
    By: Evy | atravesdaescrita.blogspot.com

    ResponderExcluir
  15. Olá! Sabe, não sou mãe de fato, não gerei filhos biologicamente falando, mas eu cuidei de 2 sobrinhas minhas como se fosse mãe delas, desde bebezinhas. Então eu até entendo um pouco esse sentimento, e por isso que adorei o texto!!! Abraços e sucesso!

    www.pandapixels.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mãe é quem cria, e aquele amor que vc sente pelo outro é inexplicável <3

      Excluir
  16. Adorei o texto, muito lindo! Ser mãe é assim mesmo...Feliz dia das Mães...Bjs

    www.livrosemretalhos.com.br

    ResponderExcluir
  17. Parabéns pela reflexão, 3 exatamente isso! Ser mãe pra mim é tudo. Não existe uma palavra que defina, que explique ou que ajude a entender nossos sentimentos como mae...

    ResponderExcluir
  18. Eu ainda não sou mãe, mas cresci vendo a batalha da minha mãe para criar eu e meus dois irmãos sozinha. Mas graças a Deus, estamos todos crescidos e enchendo ela de orgulho, ela merece o melhor sz

    ResponderExcluir
  19. Não sou mãe, mas simplesmente entendo o quanto a maternidade é difícil, começando pelo meu relacionamento com minha mãe, que varios níveis de altos e baixos. E eu desejo um dia passar por isso, mesmo com o pânico da responsabilidade que é ser mãe e cuidar de outro serzinho. Adorei a reflexão. Bjs

    ResponderExcluir
  20. Muito bacana seu texto. Não sou mãe e não vou ser, não quero, foi a minha escolha. Mas reconheço minha mãe ao ler seu texto e sei que para ela é exatamente assim. Muito emocionante.

    ResponderExcluir
  21. Oi, adorei esta verdadeira ode à maternidade. Gostei mesmo! Mais do que malucas e guerreiras e verdadeiras olímpicas da resistência emocional, hehe. Me comovi com teu texto pois, assim como você, também tive e tenho uma mãe excepcional.

    Até o próximo comentário.

    ResponderExcluir
  22. Olá,
    Simplesmente adorei seu texto! Não sou mãe e talvez nem venha a ser, mas sei o que precisam abrir mão e concordo que as mulheres dominariam o mundo se não fosse a maternidade. Fazem de tudo pelo filho e dão a vida se for necessário para protegê-los. Merecem muito mais que um dia como homenagem, merecem a eternidade.

    LEITURA DESCONTROLADA

    ResponderExcluir
  23. que texto lindo!!! Vc sempre arrasando nos textos!!! Feliz dia das mães!

    ResponderExcluir
  24. Não sou mãe mas vejo a luta da minha mãe.
    Uma mulher que faz tudo pelos 3 filhos,que deixa de lado uma coisa para fazer aos filhos,que quer ver eles felizes
    Ela que foi a única que me ajudou a enfrentar a depressão e que me apoia e me ajuda em tudo.
    Ser mãe não é fácil,posso não ser mas compreendo o que minha mãe passa.
    Que belo texto,obrigada por ter escrito ele.É muito lindo.

    Lia

    ResponderExcluir
  25. Que bela reflexão. De fato ser mãe está longe de ser fácil. Eu não sou mãe, mas sei bem o que as mães costumam passar. Nem tudo é só alegria, né? Apesar de ter lá seus momentos, sempre tem aquela hora em que é necessário ser forte. Mesmo assim, todas seguem dia após dia pra viver dias como esse, onde as mães são homenageadas e percebem que o esforço vale a pena. Parabéns pelo texto!

    Beijos

    ResponderExcluir
  26. Bela reflexão, achei lindo seu texto.
    Não posso dizer que me identifico pois não sou mãe e não quero ser. Mas acredito sim que que as mulheres que são mães abrem mão de sonhos, projetos de vida.. Querendo ou não a vida de muita gente é assim, mesmo aquelas que não são mães. Mas aquelas que abrem mão para cuidar de um avô, de um pai doente e por ai vai..
    E parabéns as mamães que abrem mão de tudo por um filho ♥
    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
  27. Cris que lindo esse texto garota, as mães realmente são únicas, impossível não amá-las com seu jeitinho único de ser, linda homenagem.
    Abraços

    ResponderExcluir
  28. Que texto maravilhoso, muitas pessoas vivem nesse mundo de ilusão que a maternidade é perfeita e um mar de rosas. Você tem que estar prepara fisicamente e mentalmente para essa etapa da vida e se não estiver vai ter que aprender de alguma forma. Gostei de vocês compartilharem esses pensamentos com tantas outras pessoas que querem aprender e entender como isso tudo funciona.

    ResponderExcluir
  29. Que texto lindo! Não sou mãe, mas tenho uma idéia de como a maternidade não é esse mundo de rosas. Quero no futuro ser mãe e minha mãe foi um grande exemplo de como é uma grande mãe. Claro que ser mãe não tem uma receita para se seguir e tem seus espinhos. Por isso que todas as mães devem ser valorizadas, pois estão sempre tentando dar seu melhor. Amei a forma como você colocou isso no seu texto :)
    Beijos!

    ResponderExcluir
  30. Mãe é um emprego eterno não remunerado. Que beleza de postagem. Lembro que quando tive meus filhos, o meu maior medo era ser assaltada com eles no carro. Tinha receio de não conseguir tirá-los das cadeirinhas a tempo, pois eles tem pouca diferença de idade. Hoje me pego pensando que na época que eles eras pequenos, minha vida era mais tranquila,pois hoje em dia eles já estão saindo sozinhos com os amigos, e o medo de que algo aconteça é ainda maior, pois sei que não posso impedi-los de viver.
    Parabéns pelas palavras.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  31. Muito bom o seu texto, amei a reflexão acerca da maternidade! Feliz dia das mães!
    Beijos
    Mari
    www.pequenosretalhos.com

    ResponderExcluir
  32. Sempre penso que minha mãe é uma guerreira e apesar de tê-la com um perfeito exemplo, eu não sinto esse desejo de ser mãe. Acho que não levo jeito nem sinto vontade. Feliz Dia Das Mães! Bjs

    ResponderExcluir
  33. Olá! Seu texto ficou muito bonito. Conseguiu me emocionar. Haha sei que o mundo da maternidade é cheio de desafios, mas também de muita felicidade. Beijos!

    www.brincandodeolivia.com

    ResponderExcluir
  34. Olá!
    Adorei seu texto!
    Ser mais não é tão bom quanto parece rs falo de cadeira, embora sempre quis a maternidade, mas na época não podia imaginar quantos desafios teria que enfrentar e até hoje com filhos adultos ainda não conheci o paraíso. rs Mas tenho muito orgulho dos seres humanos que se tornaram e uma satisfação enorme por ter contribuído para isso, tenho a satisfação de dever cumprido rs
    Parabéns pelo texto

    ResponderExcluir
  35. Olá!
    É bem isso. Colocam o papel da mãe nunca pedestal, com uma perfeição que nenhuma mulher consegue atingir. Isso frustra e gera inseguranças. Curtam mais seus filhos e se contém menos mamães!
    Beijos!
    Gatita&Cia.

    ResponderExcluir
  36. concordo muito com tudo o que escreveste, a verdade é que a imagem que é passada é que tudo é perfeito, tudo e fácil e que é possível continuar com a tua vida de antigamente mas não é verdade. Não que seja mau, acredito que ser mãe traga muita coisa boa, mas a vida muda, o tempo muda e no fundo muitas vezes as mulheres acabam mesmo por ficar em segundo plano.

    P.S: Aqui em Portugal o dia da mãe foi no Domingo anterior :)

    beijos

    Vânia
    Lolly Taste

    ResponderExcluir
  37. Olá, primeiramente, feliz dia das mães adiantado!
    Muito legal você compartilhar suas impressões sobre a maternidade nesse texto. Eu sou apenas filha, então só entendo do assunto de observar as mães à minha volta.

    ResponderExcluir
  38. Minha mãe é minha rainha, meu pilar. Seu texto ficou realmente bom e descreve perfeitamente o que é ser mãe. Feliz Dia das Mães!

    ResponderExcluir
  39. Amei o texto! Tanto que compartilhei no meu Facebook. É uma tarefa árdua essa de ser mãe, mas vale a pena. Um feliz Dia das Mães para você. Bjs.

    ResponderExcluir
  40. Oi, tudo bem? Acredito que ser mãe realmente transforma a vida de uma mulher. Ela deixa de pensar somente em si mesma e passa a pensar no bem estar da sua família. Ela deixa suas coisas de lado, deixa as tristezas, seus sonhos, sua carreira e fica atenta às necessidades dos filhos. Eles devem estar bem alimentados, bem vestidos, tendo uma boa educação, somente assim ela estará tranquila. É realmente uma dádiva alguém se sentir assim. Amei o texto, parabéns. Feliz Dia das Mães. Beijos, Érika =^.^=

    ResponderExcluir
  41. Olha que eu nem sou mãe, mas me emocionei ao ler o texto. Eu olho o caminho inverso e vejo o quanto a minha mãe se doou por mim e eu me emociono em sentir o amor dela por mim e me sinto mal por não saber se vou ser tão inteira assim quando eu for mãe.
    Muitas surpresas vêm com a maternidade, mas o amor sempre está presente.
    Muuito lindo seu texto 💕 parabéns!

    ResponderExcluir
  42. Difícil não se emocionar com o seu texto, sendo mãe ou não. E realmente, as pessoas "pintam" as mães como seres imaculados, mas mal sabem o que elas passam.
    Enfim, amei suas palavras!

    ResponderExcluir
  43. Eu não sou mãe, mas nunca encontrei um texto mais verdadeiro sobre maternidade. Eu sou a filha mais velha então acompanhei um pouco da criação do meu irmão e dos meus primos também, e realmente a maternidade não é o mar de rosas que as pessoas falam ou que a tv mostra, mas ela com certeza tem seus lados positivos.

    E nesse dia das mãe eu gostaria de parabenizar você e todas as mães do nosso Brasil, vocês são maravilhosas!

    ResponderExcluir
  44. O nosso em Portugal foi dia 7. Adorei o texto, não sou mãe mas sou filha e sei bem o sentimento único por detrás :) Beijo

    Adorei a carta. Também não sou nada boa com despedidas e esta é daquelas que dói. Mas que se calhar é o melhor, significa que não era tão "melhor amiga" assim. Beijo

    thebrunettetofu.blogspot.pt
    https://www.instagram.com/thebrunettestofu/

    ResponderExcluir
  45. Amei seu texto. Ainda não sou mãe, mas me senti muito tocada com o seu texto.

    Parabéns pelo blog.
    www.sobrecadamomento.com.br|

    ResponderExcluir
  46. Adorei adorei o texto! A maternidade é mesmo essa montanha russa louca que traz risos e sustos, uma roda gigante que horas te deixa alto e horas te deixa lá embaixo.
    Gostei muito de como você traçou toda essa realidade de um modo tão sutil e, ainda assim, capaz de alcançar o leitor.
    É impossível não ler e, mesmo que a maternidade não tenha sido experimentada, pensar em todas as mães que conhecemos e lembrar as pessoas incríveis que elas são exatamente por serem quem são! <3
    xoxo

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.